Admin

Associação Brasileira de Criminalística - ABC

  • A Associação Brasileira de Criminalística - ABC é entidade com caráter federativo, fundada em 22 de setembro de 1977, por iniciativa dos Peritos Oficiais do Brasil. É uma sociedade civil, sem fins lucrativos, com sede e foro em Brasília/DF, que congrega as entidades representativas dos Peritos Oficiais, ativos e inativos, da União, dos Estados e do Distrito Federal.

    Em 18 de setembro de 1947, ocorreu o 1º Congresso Nacional de Polícia Técnica, realizado na Escola de Polícia do Estado de São Paulo. Esta data ficou reconhecida como sendo a origem da ABC. Foi o primeiro encontro nacional de Peritos Oficiais, buscando a troca de experiência e a capacitação técnico-científica.

    [+] Saiba mais

O Centro de Estudos do Comportamento Criminal-CECCRIM/SP realizará em Manaus/AM, nos dias 12 e 13 de dezembro de 2014, a I Conferência Internacional de Criminologia e Comportamento Criminal, tendo como público alvo profissionais e estudantes das áreas de direito, psicologia, medicina e segurança pública.

Quinta, 25 Setembro 2014 14:20

Veto Presidencial ao PLC 78/14

Na data de ontem, a Presidente da República vetou integralmente o PLC 78/2014, que propunha alterar a lei 12030/2009 inserindo no rol de peritos oficiais de natureza criminal a expressão “peritos em papiloscopia”.

A Associação Brasileira de Criminalística e a Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais  não concordam com o projeto de lei e o interpretam como ato de transposição funcional e/ou de criação de um novo cargo, a depender  da interpretação dada ao texto, que abre possibilidade para ambas as situações

O veto foi proferido após serem ouvidos diferentes ministérios, que enviaram pareceres técnicos contrários.

Segunda, 22 Setembro 2014 00:28

Peritos não farão paralisação

A tentativa de se transformarem em peritos é inconstitucional

Brasília, 21 de setembro de 2014 – A ABC vem a público esclarecer que a ameaça de paralisação dos papiloscopistas, intitulada “Peritos entrarão em paralisação”, não colocará em risco qualquer atividade pericial desenvolvida pelos mais de 10 mil peritos oficiais.

Os papiloscopistas são profissionais responsáveis pela identificação civil, identificação criminal, atestados de antecedentes e emissão de carteiras de identidade, desempenhando com excelência tais atividades. Entretanto, isso não é perícia!

Newsletter




Webmail



Associação Brasileira de Criminalística - © 2014 - Todos os direitos reservados - Site por Alvetti.com